03/11/2015

almofada


Deitei-me no silêncio da noite à espera de um sonho teu. Tardou, tardou... o corpo estava irrequieto. A almofada ocupou o vazio da tua ausência... 

Caldas da Rainha 03 Novembro 2015

Sem comentários:

Enviar um comentário