07/11/2016

outro lado da morte…



Toda a gente fala das batidas do coração. Que devem ser vigiadas as batidas cardíacas. Não vejo ninguém preocupar-se com os pés. São milhares de passadas ao longo de uma vida. É por elas que vamos a todo o lado da nossa existência, apesar dos auxiliares de movimento que criamos para encurtar distâncias. Nascemos descalços, mas quando somos enterrados com pompa e circunstância, sempre vamos calçados. É que nunca se sabe se vamos precisar dos sapatos para uma longa caminhada do outro lado da morte…

- je -

06-11-2016

Sem comentários:

Enviar um comentário